segunda-feira, 1 de agosto de 2011

A coisa está feia!

Minna, não sei se vocês assiste/leem jornais/revistas/o blog mas a Radiação no Japão está feia!
Eu não estava postando aqui no blog, mas, há algumas semanas atrás, pessoas foram "infectadas" pela carne do boi, estas, contaminadas pelo pasto onde comiam, que continha radiação.

Estarei emendando umas 6 postagens em uma só.. sim, ficará grande... mas leiam, pois é interessante e  importante!!

Grupo Antinuclear japonês se encontra em Fukushima.


Hoje (ontem no Japão) a Organização antinuclear japonesa escolheu Fukushima como palco do seu encontro anual  e pediu AO MUNDO  Que reduza a dependencia em relação à energia Atômica como consequência do incidente em Fukushima 1, a central geradora localizada nesta provincia.

O Grupo conhecido como Gensuikin, sigla japonesa para Congresso do Japão Contra Bombas Atomicas e de Hidrogênio, reuniu-se na capital de Fukushima, no domingo. Foi a primeira vez que a Gensuikin realizou o seu evento fora de Hiroshima e Nagasaki, cidades alvos do bombardeio atômico feito pelos estados unidos em 45 (onde está o meu Death note kndo preciso??? )


O Presidente da organização, Koichi Kawano, disse que eles têm trabalhado sob o lema de que "armas nucleares e pessoas não podem coexistir", não podem viver em harmonia! Mas admitiu que fizeram pouco contra a geração de eletricidade apartir da energia atômica (pois, claro que a energia atômica faz/fez parte da evolução humana). 


Os participantes adotaram uma declaração pedindo pelo desligamento e fechamento de centrais atômicas.







Nível de Césio radioativo no mar perto de Fukushima está estavel.


A operadora da usina nuclear de Fukushima 1 afirmou ontem( hoje no Brasil) que o nível do Césio radioativo existente na agua do mar perto do reator 3 (aquele que ocorreu a pior explosão) não apresentou sinais de aumento.

A Tepco( Companhia de Energia Elétrica de Tokyo) tem checado muitas vezes a quantidade de substâncias radioativas nos locais da coleta da água da central geradora e no litoral.

No Sábado, a medição do Césio, próximo a entrada do reator 3, na água foi de 1,3 becquerel (não sei o que é mas, procurem no google) por centímetro cúbico. O valor é 22 vezes superior ao limite legal estabelecido no Japão. Já hoje, a amostra continha 1,5 becquerel de césio 137, o césio radioativo, uma quantidade 17 vezes maior que o permitido pelo padrão.

Para ter uma comparação pequena, em Maio (quase 2 meses depois do incidente) a amostra de césio 137 estáva 20 mil vezes a mais que o permitido pelo padrão.

A Tepco acredita que a estabilidade nos níveis de substâncias radioativas seja uma prova de que água contaminada tenha parado 
de vazar da central geradora.



Governo Japonês fará testes de radiação em Arroz.

Pelo fato dos Arrozais serem cobertos de água, o governo do Japão decidiu pedir às produtoras de arroz do país que façam exames de radiação.

O governo japonês planeja fornecer às autoridades locais os detalhes dos testes ainda nesta semana. O objetivo é garantir que o arroz vendido no mercado seja livre de césio radioativo, que poderia vir da usina nuclear Fukushima 1.O governo afirma que vai suspender as vendas do produto se os níveis da substância excederem o limite de segurança.


Césio radioativo foi detectado em palha de arroz, vegetais e adubo composto de diversas áreas após o acidente na usina nuclear Fukushima 1. Os agricultores manifestaram receios de que o arroz pudesse estar contaminado, uma vez que ele foi plantado após o acidente.






Governo Japones proíbe a venda de carne bovina produzida em Iwate.


O governo do Japão ordenou que a província de Iwate suspenda a venda de carne bovina, depois de níveis de radiação acima dos padrões do governo terem sido detectados no produto da região.

O secretário-chefe do Gabinete, Yukio Edano, afirmou na segunda-feira que a proibição foi enviada ao governador de Iwate como consequência de quantidades de césio radioativo superiores ao limite legal terem sido encontradas na carne de animais de dois municípios da província.

Edano garantiu que o governo vai fazer com que todos os pecuaristas recebam indenizações apropriadas. Acrescentou ainda que a proibição será suspensa para o produto que tiver sua segurança confirmada.



Para permitir a volta da venda, o governo vai exigir a inspeção de toda a carne das criações que tenham comercializado produto com altos níveis de césio ou usado ração contaminada. Outros produtores terão de testar apenas a primeira leva de animais que enviarem para abate.


Bom minna, é isso que eu tinha que falar! 


Até, abraços!

1 comentários:

nyu ;-; nihon ganbare! ;-;

Postar um comentário